quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Roda de Passarinho Potiguar

Janethy Pereira, futura professora em saída de campo, Acari, RN. Foto Renato Rizzaro

email da Professora Midori Hijioka Camelo nos deixou atônitos! Apresentar a Roda de Passarinho para futuros professores de Física, Química e Biologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e ainda sair à campo na Caatinga? Após alguns meses trocando mensagens, repartindo ideias e intenções, rumamos a Natal em agosto com penas, pele de cobra, sementes, tarrafa, pião indígena, flautas de taquara, posters das aves, fotos, guias de campo, binóculos, cadernetas preenchidas por crianças e 60 em branco, especialmente para esta atividade.

Após aconchegante acolhida por nossa anfitriã Midori, partimos ao Centro de Educação da UFRN onde nos esperavam mestres empolgados e super organizados: a própria Midori, Josianne, Lucrécio e Marlécio que cuidaram desde o local para apresentarmos nossas primeiras atividades, à liberação da van e das reservas na Pousada Gargalheiras, estupenda escolha onde comemos e dormimos, ao luar e uivar dos ventos, antes de partirmos para a Caatinga.

A escolha do Parque das Dunas para a Roda foi espetacular! Em dois dias, anteriores à saída de campo, apresentamos para mais de 40 pibidianos o que aprendemos com a Reserva, com as nossas crianças e as expedições aos biomas brasileiros, nestes 13 anos dedicados à conservação e preservação ambiental.

Agradecemos a estes mestres da UFRN, e aos pibidianos, pela oportunidade de repartir, experimentar e conviver durante uma semana que, sinceramente, gostaríamos fosse espichada. Porém, como escreveu Vivianne Araújo, uma das participantes da Roda: “o tempo voou, igual a liberdade do voo da aves, de tão interessante e prazerosa que foi a atividade”. 

Ler as Cadernetas de Campo recebidas pelo Correio, depois de um mês, foi emocionante. Veja alguns trechos:

“Mesmo sem ter uma receita de como compartilhar, foram criando, redescobrindo, reinventando uma nova maneira de repassar o conhecimento. Na saída de campo libertei meu lado aventureira, deixei aflorar minha criança interior, esquecendo dos problemas e só admirando minha região, por vezes esquecida”. Maria Danielle P. Freitas 

“Fiquei maravilhado com o projeto, iniciativas de educação ambiental como esta deveriam se popularizar mais”. Michel Carlos Bezerra

“Algo que me marcou: as atividades desenvolvidas com os alunos, os desenhos que cada um fez, a criatividade dos caderninhos idealizados por vocês”. Francisco Ismael

“Foi uma experiência única, e podem ter certeza, que a mesma será repassada aos meus alunos, colegas e amigos”, Tuany Mariah

“Excelente oportunidade para aprender novas didáticas para buscar a atenção e interesse dos alunos”. Andrielly Campos

“Quando falaram sobre Roda de Passarinho, imaginei muito trabalho, pesquisa sobre espécies... mas o que encontrei foram pessoas legais com ideias muito da hora”. Edson Araújo

“Como profissional da Educação, vejo que precisamos valorizar cada vez mais a vida! A dinâmica foi fantástica e interessante para ser trabalhada nas escolas”. Joanna Freitas

“Entrei na Roda!... No sentido do coração”. Cassiana de Souza.

“A experiência me trouxe uma forma de aprendizado e de ensino diferentes, podendo abordar em vários aspectos durante minha jornada, tanto de aluno, quanto de professor”. Samyr Saraiva

“Com a Roda pude perceber métodos lúdicos que passo, sem dúvidas, a aplicar em sala de aula”. Antonio Alexandre

“Quando penso que seria mais uma exposição de fotos de pássaros, me surpreendo com a quantidade de cultura e experiência compartilhada...”. Rubens Paiva

“Vi fotos de animais que só conhecia através de desenhos animados”. Robson Rodrigues

“Estava muito empolgada com a Roda de Passarinho, mas superou a minha expectativa em 200%!”. Walleska Juliane C. Leite

Esta Roda de Passarinho foi uma realização do PIBID e CAPES com apoio da UFRN, Centro de Educação, Prodocência e Reserva Rio das Furnas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário