terça-feira, 6 de agosto de 2013

Música Andina em São Leonardo









Nosso querido amigo Polo aceitou o convite, em maio de 2010, e fez uma Roda de Passarinho especial aos alunos de São Leonardo. As crianças conheceram charangos, zampoñas, ronroco, kena e os tambores rituais, que contêm pedras vulcânicas especiais. Em pouco tempo o carinho do Maestro envolveu a todos e teve quem não queria parar de tocar e dançar! Puro improviso, como nas tocatas que o Polo promove no seu espaço mágico, no Porto da Lagoa.

Leopoldo Zuñiga Cabrera, o Polo, nasceu no Chile em 1945. Foi um dos fundadores do Grupo Agua, sucesso nos anos 70. No Brasil, tocou com Milton Nascimento, Moraes Moreira e Ney Matogrosso. Gravou dois discos, Amaneceres, eleito o Disco do Ano em 1978 e Transparencia, em 81. Polo cria e coleciona intrumentos musicais do mundo todo, que vão tomando conta da sua casa/estúdio. Alguns instrumentos também são esculturas, inspiradas em Walter Smetak, feitas com cabaças, canos, cordas, couro e tantos quantos materiais ele possa tirar som, fazer música, criar e contar seus contos.

Aliás, casa, oficina, tótens, pinturas, bonecos e painéis foram feitos por este multiinstrumentista
e artista polivalente. Nosso amigo também é um dos Mestres Griots, personagens criados por Gilberto Gil, na época em que era Ministro, para incentivar a cultura dos Contadores de Histórias.
Tivemos a oportunidade de ouvir um conto andino sobre três lhamas que precisavam atravessar uma ponte guardada por um monstro horrível... A gurizada fez a trilha sonora.
Foi uma tarde explêndida!







Nenhum comentário:

Postar um comentário