terça-feira, 6 de agosto de 2013

Chapas Preto & Branco em 120

Onde é que deleta a foto? Eis a questão levantada pela gurizada. Foto Gabriela Giovanka

Desde quando viemos parar em São Leonardo, uma vez por mês, agitamos a Escolinha local com alguma novidade. Apresentamos livros de aves e plantas; promovemos leituras; presenteamos cadernetas com fotos de aves, com as quais saímos a campo; recebemos os alunos na Reserva; fizemos posters com as crianças; elaboramos um mapa da vila, que acabou em música e dança; levamos todos para observar animais soltos na vizinhança e inventamos brincadeiras para incrementar o molho cultural da meninada, entre elas a Roda de Passarinho.

Fazemos de tudo para incentivar os replicadores da idéia de conservação ambiental, inclusive ao expôr nossa crença em viver sem lixo, carne vermelha e TV. A badalada sustentabilidade mora na filosofia.

O exemplo disso tudo apareceu na resposta de um guri ao que ele mais gostava na natureza: - Pau seco! - Mas como assim? Perguntou a professora. - É porque gosto de picapau, rebateu o aluno. Esse fato aconteceu após uma exposição de fotos da Reserva, onde tinha lá um pica-pau, claro, numa árvore seca.

Êta transversalidade!

(Agradecemos a Rooney Réch pelo empréstimo de sua Roleiflex)

Nenhum comentário:

Postar um comentário